Pular para o conteúdo principal

Pistol Valve: jazz, ska, blues e hip hop


Jovens garotas, musicistas sem igual, o PISTOL VALVE adora juntar todas as suas influências para criar um tipo único de música. Esta 'Banda Feminina de Horn Rock' como elas se intitulam, tocam jazz, ska, blues e até hip-hop com o ritmo marcado por instrumentos de sopro! Um de seus álbuns, Tsunamic Girls From Tokyo, mostra bem seu estilo e contém o som de vários instrumentos como saxofone, violino e trompete.

FORMAÇÃO:
Vocal, Saxofone tenor: Ando
Vocal, Saxofone alto: Cotton
Vocal, Eufônio: Tommy
Vocal, Violino: Jenni7000
Saxofone tenor, Saxofone barítone: Yoko Brooklyn
Trombone: Ram-Asuka
Trombone de vara: Corina
Trompete: M-chan
Trompete: Misaty
DJ: DJ Lilya

Com dez garotas como integrantes, o PISTOL VALVE começou em Tóquio em Outubro de 2005. É uma banda impressionante, não por causa da juventude e das roupas das meninas, mas por causa de sua capacidade de criar uma fusão única entre rock, jazz e hip-hop.

A banda estreou na TV com uma participação em um programa chamado The Best House 1-2-3 na Fuji TV, aonde elas chamaram bastante atenção. No dia seguinte, o termo "PISTOL VALVE" se tornou o quarto tópico mais procurado no buscador do site Yahoo!Japan. A banda continuou aparecendo em programas de TV, criando uma forte presença na mídia japonesa. Esse sucesso incrível foi reforçado pelas apresentações freqüentes do grupo, e também pelos shows de improviso nas ruas de Tóquio.

Em 2007, a banda fez seu primeiro show nos EUA, invadindo a cena musical internacional. Elas passaram por Nova York, Chicago, Philadelphia, Texas e Los Angeles, onde o público se surpreendeu com suas roupas excêntricas e músicas pegajosas. Depois de várias performances com sucesso, o PISTOL VALVE voltou para Tóquio e foram bastante solicitadas. Elas lançaram álbuns nos EUA e Europa.

Site: http://www.pisval.com/
Fonte: Emiliano Juarez e www.jame-world.com



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÉTODO GRATUITO PARA GAITA DIATÔNICA - LEANDRO FERRARI - GAITA FOLK, POP & ROCK - VOLUME 1

ClICK AQUI PARA DOWNLOAD GRÁTIS  CLICK AQUI PARA DOAÇÕES   AULAS DE GAITA ONLINE: www.leandroferrari.com 2a Edição  ( EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA CHEESEBREAD STUDIOS) Título: MÉTODO PARA HARMÔNICA DIATÔNICA - LEANDRO FERRARI - GAITA FOLK, POP & ROCK - VOLUME 1 Autor: Leandro Ferrari Original de Belo Horizonte/MG/Brasil Revisão: Fernanda Shairon Ilustração: Marcelo Braga (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Diagramação: Yuri Martuccelli (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Direção Geral: José Renato Caldeira de Souza (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Foto: Karlis Smits Design Logo: Marcão Freak Formato:  DIGITALIZADO Num. págs. 126 páginas Fotos: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10150938373933331.436116.827753330&type=1&l=5b63f7b595 Conteúdo:  O método é dividido em 100 aulas práticas e teóricas e acompanha arquivos de áudio (b
Spotify:  https://open.spotify.com/artist/5iTI2v1yC3rToB3xWHYw7a?si=y4MZPMZvTHetHrXhtIX1-g

Milk’n Blues: Blues & Pop

"Uma brincadeira que se tornou um vício! É assim que as vocalistas Anne Glober e Aline Mota definem o início da banda Milk´n Blues, em dezembro de 2011. As duas garotas, que são amigas de infância, estavam com enorme vontade de gravar um vídeo de suas músicas “covers”. Para isso, necessitavam do acompanhamento de um bom guitarrista. Foi então que se lembraram de Ricardo Maranhão, o professor violão e vizinho de Anne, imediatamente aceitou o convite. O trio se reuniu, definiu as canções, gravou dois vídeos e postou na internet. Em dois meses, tornou-se sucesso de visualização e comentários positivos do público. Todos os comentários seguindo este tom: “Nossa, versão de muito bom gosto. Muito bom mesmo. Tanto as vozes quanto os instrumentos muito bem colocados. Sensacional! Parabéns!”. Logo em seguida, as meninas e o professor de violão ganharam o reforço da gaitista Indiara Sfair, que acrescentou “magia” ao som dos três. Pois bem, com quatro integrantes o grupo já merecia um no