Pular para o conteúdo principal

02.06.2012 - BLACK BONE convida LEANDRO FERRARI


"O powertrio de bluesrock "Black Bone" retorna ao Opinião Pub em Sete Lagoas/MG e convida "Leandro Ferrari", um dos mairores gaitistas de blues do País. 02/06/2012. Sábado. 22:00h"

BLACK BONE BLUES ROCK
Já alcançando reconhecimento e visibilidade nacional através do clipe do single "Wild Man" (http://www.youtube.com/watch?v=GsrNAqSgwt0) a Black Bone é powertrio formado por músicos com muita rodagem e extremo prazer em tocar música boa, Caio Silva (bateria e vocais), Fernando Januzzi (guitarra e vocais) e Zé Renato (contrabaixo e voz) construíram rapidamente a coesão, afinidade e musicalidade típicas de bandas formadas por integrantes que já tocam juntos à décadas. O início apresentava um repertório formado por releituras de clássicos consagrados do Blues e do Rock (Z.Z. Top, B.B. King, Eric Clapton, Stevie Ray Vaughan, Jimi Hendrix e Robert Johnson dentre outros) evoluindo naturalmente para o desenvolvimento de um atuoral sólido e fortemente marcados por estas influências. A Black Bone faz um show enérgico e vibrante, capaz de agradar a públicos variados.
Sendo você um blueseiro tradicionalista ou fã de um Blues mais elétrico, sairá deste encontro completamente satisfeito e repleto de “música negra até o osso”!

LEANDRO FERRARI
Ferrari já se apresentou no 5o Harmônica e Blues Project (São Paulo – 2003), Garimpo (Belo Horizonte – 2007), Conexão Vivo (Gov. Valadares/MG – 2009), Fórum Harmônicas Brasil (Fortaleza – 2009), Tagima Convention (São Paulo – 2009), Rock 'in the Beat (BH/MG - 2012) e Blueseiros do Brasil (SP - 2011). Abriu o show dos americanos Kim Wilson & The Fabulous Thunderbirds (Belo Horizonte – 1996), Larry McCray (Belo Horizonte – 2010) e Guy King & Hot Spot Blues Band (Belo Horizonte - 2011). O músico foi uma das atrações do 4o Encontro Internacional de Gaitistas realizado em 2005 no Sesc Pompéia/SP e já recebeu elogios de Jason Ricci (USA), Greg Zlap (FRA), Rildo Hora (BRA), PT Gazell (USA), Frederic Yonnet (FRA), Joe Filisko (USA) e de outros renomados gaitistas. Também gravou e tocou com vários grupos, incluindo a banda mineira Skank, Living Colour (USA), Los Mind Lagunas (MEX), Diamondog (Angola), Rubén Santillana (Cuba), Rodica Blues (USA), Black Bone Blues Rock (MG), Gustavo Andrade (Hot Spot), Maurinho Nastácia, Glauco Nastácia, Scarcéus, Sideral, Cartoon, Bauxita, The Nasty Blues, Alto-Fante Band, além de outras importantes parcerias.

DISCOGRAFIA: LEANDRO FERRARI Y COMPADRES 2006, SALIVA (SINGLE) 2007, SK8 DUB (SINGLE) 2008 e FAT NASTY 2010.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÉTODO PARA GAITA DIATÔNICA - LEANDRO FERRARI - GAITA FOLK, POP & ROCK - VOLUME 1

R$ 49,00 PIX CNPJ:  21.081.155.0001/70 Método digitalizado + audio Contato Whatsapp: Leandro Ferrari +55 73 998707338 +44 7376934825 1a Edição  ( EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA CHEESEBREAD STUDIOS) Título: MÉTODO PARA HARMÔNICA DIATÔNICA - LEANDRO FERRARI - GAITA FOLK, POP & ROCK - VOLUME 1 Autor: Leandro Ferrari Original de Belo Horizonte/MG/Brasil Revisão: Fernanda Shairon Ilustração: Marcelo Braga (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Diagramação: Yuri Martuccelli (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Direção Geral: José Renato Caldeira de Souza (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Foto: Karlis Smits Design Logo: Marcão Freak Formato:  DIGITALIZADO Num. págs. 126 páginas Fotos: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10150938373933331.436116.827753330&type=1&l=5b63f7b595 Conteúdo:  O método é dividido em 100 aulas práticas e teóricas e acompanha
Spotify:  https://open.spotify.com/artist/5iTI2v1yC3rToB3xWHYw7a?si=y4MZPMZvTHetHrXhtIX1-g

Gaita e Efeitos

A utilização de pedais, filtros e truques de estúdio na gaita vêm de muito tempo. Tudo começou com Little Walter; preocupado em não perder espaço para as guitarras que haviam sido eletrificadas após a segunda guerra mundial ele adotou um procedimento simples, ligou um pequeno microfone em um amplificador e mudou de vez a história da gaita. Além de usar este método para obter mais volume ele também explorou novos timbres e efeitos até então inéditos. Segundo o pesquisador Madison Deniro ele foi o primeiro músico a utilizar, propositadamente, uma distorção eletrônica. Você pode notar então que a história da guitarra elétrica se cruza com a história da gaita elétrica. Mas por alguns motivos, dentre eles o conservadorismo dos músicos e do público de blues (diga-se de passagem, que tem todo meu respeito e meu entendimento, pois é necessário exaltar e manter as raízes e a história, também) a gaita não acompanhou o desenvolvimento da guitarra. Nomes como Jimi Hendrix, Jeff Back, Jr. Tostoi