Pular para o conteúdo principal

"Until the end of the World" por Wim Wenders



"Até o Fim do Mundo" (1992 - 160 minutos), no Brasil, é um drama de ficção científica dirigido pelo cineasta alemão Wim Wenders. O roteiro é de Peter Carey e do próprio Wenders. Um satélite nuclear indiano está para cair na superfície terrestre, causando desordem política e social. Em meio a esse caos e a caminho de Paris, a encantadora Claire Tourneur [a atriz Solveig Dommartin] sofre um acidente ao bater seu carro no veículo de uma dupla de assaltantes de banco que a convencem a levar o valor do roubo para a Cidade-Luz. Na tentativa de lucrar com a empreitada, Claire acaba salvando a vida de um estranho, Trevor McPhee [William Hurt], que irá enganá-la. Mais tarde ela descobrirá que Trevor é filho de Henry Farber [o ator Max Von Sydow], um famoso cientista desaparecido que inventou uma revolucionária máquina capaz de gravar imagens que poderiam ser vistas por cegos. Claire passa, então, a perseguir o misterioso homem. Quando o reencontra, constata que Trevor está paulatinamente perdendo a visão depois de percorrer vários países filmando imagens de paisagens, parentes e amigos para serem mostradas à sua mãe que perdeu a visão aos oito anos de idade. Agora ele precisa voltar à aldeia aborígene na Austrália, onde fica o laboratório do pai, para desenvolver a técnica de transmissão das imagens para o cérebro da mãe. Os resultados, no entanto, não são exatamente os esperados e uma extraordinária descoberta é revelada: a máquina é capaz de gravar sonhos. A trilha sonora do filme - Depeche Mode, Talking Heads, Nick Cave, U2, Elvis Costello, R.E.M. - é impecável." Paulo R. C. Barros


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÉTODO PARA GAITA DIATÔNICA - LEANDRO FERRARI - GAITA FOLK, POP & ROCK - VOLUME 1

R$ 49,00 PIX CNPJ:  21.081.155.0001/70 Método digitalizado + audio Contato Whatsapp: Leandro Ferrari +55 73 998707338 +44 7376934825 1a Edição  ( EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA CHEESEBREAD STUDIOS) Título: MÉTODO PARA HARMÔNICA DIATÔNICA - LEANDRO FERRARI - GAITA FOLK, POP & ROCK - VOLUME 1 Autor: Leandro Ferrari Original de Belo Horizonte/MG/Brasil Revisão: Fernanda Shairon Ilustração: Marcelo Braga (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Diagramação: Yuri Martuccelli (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Direção Geral: José Renato Caldeira de Souza (EQUIPE MIDIDÁTICA CONSULTORIA LTDA & CHEESEBREAD STUDIOS) Foto: Karlis Smits Design Logo: Marcão Freak Formato:  DIGITALIZADO Num. págs. 126 páginas Fotos: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10150938373933331.436116.827753330&type=1&l=5b63f7b595 Conteúdo:  O método é dividido em 100 aulas práticas e teóricas e acompanha
Spotify:  https://open.spotify.com/artist/5iTI2v1yC3rToB3xWHYw7a?si=y4MZPMZvTHetHrXhtIX1-g

Gaita e Efeitos

A utilização de pedais, filtros e truques de estúdio na gaita vêm de muito tempo. Tudo começou com Little Walter; preocupado em não perder espaço para as guitarras que haviam sido eletrificadas após a segunda guerra mundial ele adotou um procedimento simples, ligou um pequeno microfone em um amplificador e mudou de vez a história da gaita. Além de usar este método para obter mais volume ele também explorou novos timbres e efeitos até então inéditos. Segundo o pesquisador Madison Deniro ele foi o primeiro músico a utilizar, propositadamente, uma distorção eletrônica. Você pode notar então que a história da guitarra elétrica se cruza com a história da gaita elétrica. Mas por alguns motivos, dentre eles o conservadorismo dos músicos e do público de blues (diga-se de passagem, que tem todo meu respeito e meu entendimento, pois é necessário exaltar e manter as raízes e a história, também) a gaita não acompanhou o desenvolvimento da guitarra. Nomes como Jimi Hendrix, Jeff Back, Jr. Tostoi