segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Little Walter


Nesta sessão você encontrará discografias, biografias e dicas sobre os grandes mestres que inspiram a música contemporânea mundial. E pra começar um pouco de Little Walter (Marion Walter Jacobs), gaitista, vocalista e eventualmente guitarrista, nascido em Marksville, LA, no ano de 1930 e criado em Alexandria, LA. Após várias andanças chegou a Chicago em 1945 e juntou-se a banda de Mudy Waters em 1948. Em 1952 gravou seu primeiro hit “Juke” que ficou por oito semanas no primeiro lugar na Billboard R&B e até hoje foi a única vez que um instrumental de gaita atingiu este posto. Juke entrou para o “The Rock and Roll Hall of Fame's 500 Songs that Shaped Rock and Roll“ e em 19 de Dezembro de 2007 foi indicada ao Grammy Awards Hall of Fame como um "exemplo de gravação que contribuiu significativamente com impacto em nossa história musical”. Little Walter é um dos maiores músicos de Blues de todos os tempos, comparado aos revolucionários Jimi Hendrix e Charlie Parker foi responsável pela eletrificação da Gaita (Harmônica). Preocupado em não perder espaço para as guitarras que haviam sido eletrificadas após a segunda guerra mundial ele adotou um procedimento simples, ligou um pequeno microfone em um amplificador e mudou de vez a história da Gaita Blues. Além de usar este método para obter mais volume ele também explorou novos timbres e efeitos até então inéditos para uma gaita. Segundo o pesquisador Madison Deniro ele foi o primeiro músico a utilizar, propositadamente, uma distorção eletrônica. Jacobs sofria de alcoolismo e tinha um temperamento difícil, faleceu em decorrência de uma “trombose coronariana” após uma briga no dia 15 de fevereiro de 1968. Recentemente o grupo de Jazz-Funk, Medeski, Scofield, Martin & Wood incluiu uma composição intitulada “Little Walter Rides Again”, inspirada no gaitista, em 2006 no CD Out Louder.

Texto: Leandro Ferrari

Colaboração e Revisão: Fernanda Shairon

Nenhum comentário: