Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Harmonica Effects? Harmonica Synth? "Guitar Effects for the Harmonica"? "Pedals for Harmonica"?

http://www.leeoskar.com/harpeffects1.html

Há dez anos atrás eu era um ET e minha presença em "Encontros de Gaitistas" tinha que ser justificada ao final das minhas apresentações; quase um pedido de desculpas! Ainda bem que Flávio Guimarães, Sérgio Duarte, Rodrigo Eisinger, Carlos May, Bruno Castro, Júlio Rêgo, Thiago Cerveiras, Jr. Gaiatto, André Serrano e Rodrigo Eberienos me incentivavam a continuar o que outros (Popper, Plant, Ford, Vasco, Mad Cat) haviam começado. A Bends abraçou a causa em 2007 e eu adiei minha internação para tratamento psicológico por mais alguns anos....



SPAH 2009 - Chris Michalek, Brendan Power, Richard Hunter - Psychedelic Jam 1
http://www.youtube.com/watch?v=NN1vHfZf3Iw


Jason Ricci BBE Pedals for Harmonica and More
http://www.youtube.com/watch?v=RODRLqh3uao&feature=related


As vezes acho que para um brasileiro dar certo, só falta é grana mesmo, exceto o Eduardo Saverin! Criatividade nós temos de sobra! Yes, We can!!!

Bends Acontece - "vanguarda e diversidade em vídeos de Leandro Ferrari".

28/01/2011

"Conhecido por buscar novas possibilidades sonoras para a gaita, o Endorsee Bends Leandro Ferrari traz uma série de vídeos onde se apresenta com sua gaita, tocando diversos ritmos e estilos.

Adepto das Bends Juke e Bends Adagio, o gaitista está na vanguarda do instrumento, experimentando novas texturas e possibilidades.

"Estes modelos oferecem um excelente timbre e novas possibilidades de improviso. É muito importante para meu trabalho a estrutura que a Bends me oferece, na medida em que tenho a necessidade de tais afinações especiais para desenvolver todas as texturas usadas em meu último CD.", conta Ferrari.

Além da busca por novos caminhos, o trabalho apresentado nestes vídeos mostra a gaita como instrumento realmente eclético e super atual, na medida que é usado em ritmos que vão do blues ao reggae ao hip-hop, passando pelo eletrônico.

Assista e amplie seus conceitos sobre gaita".
http://www.youtube.com/watch?v=1cw6YSDkuEE

http://www.bendsharmonicas.c…

Nova linha de refrigerantes

Conforme prometido, um pouco de refrigerante!

Os Estados Unidos estão prestes a ganhar uma nova linha completa de refrigerantes com THC, principal substância química da maconha. O lançamento deve atingir os mercados em fevereiro.

Ao todo são cinco opções de sabores: Canna Cola, feito a base de cola, Doc Weed, baseado no Dr. Pepper, Sour Diesel, que tem sabor cítrico, Grape Ape, feito com uva, e Orange Kush, um refrigerante de laranja.

A pessoa por trás do produto é o marqueteiro Clay Butler, que confessou em entrevista ao jornal “Santa Cruz Sentinel” que ele próprio não é fã de substâncias alucinógenas. “Eu não uso drogas, nunca usei. Nunca bebi, nunca fumei, sou um cara de vida limpa”.

Ele acrescentou, no entanto, que tudo é uma questão de liberdade. “Acredito fortemente que adultos tem um direito irrevogável de pensar, comer, fumar, beber e ingerir o que bem entenderem. É sua vida. Seu corpo”, professou Butler.

A iniciativa faz parte de uma série de novos produtos contendo a droga …

Wild Turkey: O Clint Eastwood dos whiskeys

Wild Turkey é uma marca de whisky Bourbon destilada e engarrafada pela Austin Nichols, divisão do Grupo Campari. A destilaria fica perto de Lawrenceburg, Kentucky.

Os irmãos Ripy construíram uma destilaria perto de Lawrenceburg em 1869 e consolidaram as instalações atuais em 1905. Retomaram os trabalhos após o fim da Lei Seca.O executivo Thomas McCarthy levou algumas amostras em uma viagem para caçar perus selvagens em 1940. No ano seguinte, seus amigos lhe pediam “some of that wild turkey whiskey”, e a marca nasceu. Os Ripys foram comprados em 1952 pelos irmãos Gould. Logo após, em 1980, a destilaria foi comprada pela Pernod Ricard. Em 08 de abril de 2009, o Grupo Campari anunciou a aquisição da marca e da destilaria da Pernod Ricard.

Nos EUA, seis variedades do Bourbon geralmente estão disponíveis: 80 provas, 101 provas, Kentucky Espírito, Reserva de Russell, Rare Breed, e American Honey. Um revisor da Whisky Magazine, proclamou certa vez que o Wild Turkey 101 é "um Clint East…

Vinho Chapinha ou Casa de Saima

Qual é o futuro da música? por David Byrne
" Nenhum modelo único irá funcionar para todo mundo. Mas há espaço para todos nós. Alguns artistas são a Coca e a Pepsi da música, enquanto outros são o vinho fino - ou aquele estranho destilado de fundo de quintal. E isso é legal."

Tom Zé - Entrevista
http://www.youtube.com/watch?v=CEVu6jniK3Q


CHAPINHA: Aveludado, encorpado, de personalidade; produzido com uvas híbridas da Serra Gaúcha, o vinho mais conhecido do Brasil, alegra desde rodas de bichos-grilos até luas-de-mel de casais de classe média.


CASA DE SAIMA: Casa de Saima Garrafeira 84, foram produzidas 1800 garrafas;
_após vinte e sete anos ainda se bebe com prazer.


Vinho bom, vinho ruim, música boa, música ruim; há espaço para todos nós. Você escolhe o que beber e ouvir!

Em próximos posts, um pouco de cerveja, refrigerante, whiskey e vinhos raros.
http://leandroferrari.blogspot.com.br/search/label/bebidas

'Led Zeppelin - Quando os gigantes caminhavam sobre a Terra'

Jornalista e radialista que passou pelas revistas "Classic Rock", "Mojo", "Music Week" e pelas emissoras Radio 1 e Capitol Radio, o inglês Mick Wall leu praticamente tudo que foi publicado sobre o Zep, fez centenas de entrevistas, incluindo os músicos e seus principais assessores, mas, apesar do rigor do trabalho e da ode ao Led Zeppelin, o lançamento na Inglaterra chegou a ser adiado em algumas semanas por interferência dos advogados de Page.

- Jimmy estava preocupado com que eu pudesse revelar muito sobre sua vida pessoal, o que não era a minha intenção, exceto naquilo que teve influência na carreira do Led Zeppelin - revela, em entrevista, Wall, que após a publicação do livro, chegou a encontrar com o guitarrista. - Estive com ele recentemente, num jantar de uma premiação, e Jimmy foi simpático, sussurrando algumas palavras sobre o livro que não poderei repetir aqui.

Há histórias ultrajantes de sobra, do excesso de drogas à truculência de seu empresário …

Sexta - 21/01/11 - Leandro Ferrari - Blues Lounge - Agenda Rede Minas 19h40

http://www.redeminas.mg.gov.br/agenda

Leandro Ferrari: Show "Fat Nasty" - Leandro Ferrari - Blues Lounge ...

Leandro Ferrari: Show "Fat Nasty" - Leandro Ferrari - Blues Lounge ...: "Leandro Ferrari, endorsee Bends Harmônicas, leciona seu curso de gaita desde 1995, também é o idealizador do 'Minas Harp - Encontro de Gait..."

Miles Davis - Bitches Brew (1/3)

Hard Samba Café

BH X RJ


Show "Fat Nasty" - Leandro Ferrari - Blues Lounge - Conservatório Music Bar

Leandro Ferrari, endorsee Bends Harmônicas, leciona seu curso de gaita desde 1995, também é o idealizador do "Minas Harp - Encontro de Gaitistas" e atualmente colunista do portal "O Debate" e da revista "Zona Cultural".
Uma das principais características do músico é explorar através de filtros e pedais, normalmente utilizados por guitarristas, novas texturas para a gaita diatônica. Gravou e tocou com vários grupos, incluindo a banda mineira Skank e a banda norte americana Living Colour. O músico apresentará canções de seu novo CD, intitulado Fat Nasty, que mescla Lounge, Blues e Hip Hop. Elogiado em sites americanos, franceses e brasileiros, esse novo show contará com a participação do guitarrista Lucas Luis.

Data: 22/01/2011
Hora: 23h
Valor: R$ 15,00
Conservatório Music Bar
Rua Timbiras, 2041 - Lourdes
Belo Horizonte - MG
Tel: (31) 3213 8375

Criticas:
(USA) - http://leandroferrari.blogspot.com/2010/05/cd-fat-nasty-sugerido-em-site.html
http://leandroferrari.blog…

Fotos do Lançamento de "Fat Nasty" em BH por Leonardo Alves