quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Sonny Terry e sua gaita percussiva


Saunders Terrell, mais conhecido como Sonny Terry, nasceu no dia 24 de outubro de 1911 em Greensboro, Carolina do Norte. O gaitista perdeu a visão ainda jovem e por não poder trabalhar nas plantações de algodão acabou ganhando a vida como músico desde cedo.
No início acompanhou o bluesman Blind Boy Fuller e após sua morte estabeleceu uma relação de longa data com o violonista Brownie McGhee. Eles ficaram bem conhecidos durante o movimento folk das décadas de 50 e 60. Suas primeiras canções foram "Old Jabo", que fala de um homem mordido por uma cobra e “Lost John”. Apesar de ser conhecido como um gaitista de folk e blues rural, na década de 40 ele esteve à frente de uma “Jump Blues Band” que incluía saxofone, piano, etc. Suas músicas e sua gaita percussiva somada a imitações de trens e uivos de raposas foram usadas em vários musicais, filmes e curtas, incluindo “Finian’s Rainbow” (uma comédia musical da Broadway), “Crossroads” (A Encruzilhada) e “The Color Purple” (A Cor Púrpura). Sonny Terry morreu em 1986, ano em que foi indicado ao “Blues Hall Of Fame”. Ele inspirou vários gaitistas, principalmente Mad Cat de Ohio, seu maior seguidor, que mistura toda a sonoridade rural do mestre ao seu energético e contemporâneo blues.



Ouça e veja Sonny Terry e Brownie McGhee aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=DsMW8t-8cVU


Ouça e veja Mad Cat aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=mEhApQmsozc

Nenhum comentário: