quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Pedais - O que são, como funcionam, para que servem e dicas sobre cada efeito. 8ª parte.


AFINADORES:
"Bom, essa é fácil, com esse equipamento você afina cada corda do seu instrumento de acordo com a freqüência que cada corda gera. O afinador só indica em qual freqüência está (e logicamente irá mostrar qual nota é referente a essa freqüência). Como em qualquer modalidade de equipamentos sempre existem alguns modelos com alguns recursos a mais e com os afinadores não seria diferente. Algumas unidades afinam a guitarra sozinha, outros afinadores mandam uma luz sobre a corda tocada e “detecta” qual corda é e em qual freqüência está, etc.
Os modelos mais usados são os afinadores de mão e os em formato de pedal.

Exemplos:
Arion HU-8500 / 8550 Stage Tuner
Boss TU-12 Chromatic Tuner
Boss TU-12H Chromatic Tuner
Boss TU-2 Chromatic Tuner / Power Supply
Korg DT-1 Digital Tuner
Korg DT-10 Digital Pedal Tuner


CONTROLLERS:
São unidades que, assim como o Pedal de Expressão, não possuem nenhum efeito, esses somente controlam efeitos originados em outras unidades de efeito.

Exemplos:
ADA MPC Midi Foot Controller
Big Briar EP-1 Expression Pedal
Boss FC-50 Midi Foot Controller
Custom Audio Electronics RS-10 Midi Foot Controller
Digital Music Corp GCX Ground Control
Digitech Whammy IV
Dunlop Uni-Vibe / Wah Controller Pedal
Gibson EFC-7 Echoplex Digital Pro Foot Controller
Korg Midi Footswitch Controller
Lexicon MPX R1 Midi Foot Controller
Line 6 FB-4 Foot Controller
Line 6 FBV Foot Controller
Mesa/Boogie Abacus Midi Foot Controller
Oberheim Echoplex Digital Pro Foot Controller
Pete Cornish Controller Pedalboard
Pete Cornish Custom Foot Controller
Rockman Midi Foot Controller
Rocktron All Access Midi Foot Controller
Rocktron Midimate Foot Controller
Roland EV-5 Expression Pedal
Roland FC-100 Midi Foot Controller
Roland FC-100 MKII Midi Foot Controller


DIRECT BOX:
Em muitas situações pode ser necessário conectar a guitarra ou o baixo diretamente ao mixer, em vez de microfonar o som do amplificador. O problema é que ao se conectar uma guitarra ou baixo diretamente à entrada de um mixer o som não fica bom, pois os captadores comuns geralmente produzem um sinal de nível baixo e possuem alta impedância de saída, incompatíveis com as entradas dos mixers, que geralmente possuem impedância relativamente baixa e esperam sinais de nível mais alto.
A incompatibilidade de níveis tende a produzir ruído, pois o pré-amplificador do mixer tem que compensar aumentando o ganho. Já a incompatibilidade de impedâncias, além de também afetar o nível, pode produzir alterar a resposta de freqüências. Por exemplo, ao se conectar uma guitarra diretamente a uma entrada com impedância muito baixa pode não afetar muito o nível, mas causa uma perda na resposta de freqüências altas, deteriorando o som original.
O Direct Box é o cara que resolve essa incompatibilidade.

Exemplos:
Behringer GI100 Ultra-G DI Box
Behringer GDi21 Simulamp / Direct Box
Behringer ULTRA-DI DI400P Passive Direct Box
Behringer ULTRA-DI DI100 Direct Box
ART ARTcessories Zdirect Professional Passive Direct Box
Radial J48 MK2 48V Phantom Power Active Direct Box
Whirlwind Director Deluxe Direct Box
Pro Co DB-1 Direct Box
Nady DB-1 Direct Box
Boss DI-1 Direct Box
MXR M-80 Bass Direct Box with Distortion


OUTROS:
Bom com certeza eu não citei todos os efeitos aqui, mas acredito que citei os principais. Só para deixar registrado, existe também o Talk Box, efeito em que a boca do guitarrista é usada como um tipo de “caixa de ressonância”. O som sai de um mini-amplificador que passa por uma mangueira que fica próxima a um microfone e ao aproximar a boca dessa mangueira o que o guitarrista disser o ou formato que ele fizer com a boca, dará uma característica no som."

Fonte: Fernando Almeida
http://forum.cifraclub.terra.com.br/membro_51834.html

Nenhum comentário: