quarta-feira, 29 de junho de 2011

SONS DO BRASIL – CONHEÇA LEANDRO FERRARI by JORPS


http://www.jorps.com/2011/06/sons-do-brasil-conheca-leandro-ferrari.html

O musico Leandro Ferrari é de Belo Horizonte (MG) e começou a tocar com 13 anos de idade, sendo que aos 18 se profissionalizou. Passou por várias bandas até decidir por ter carreira solo, em 2006 lançou seu primeiro trabalho, “Compadres”. Leandro diz que já tinha experiência com estúdio e suas idéias, por isso, decidiu “caminhar com as próprias pernas”. Ele ressalta que mesmo tendo um trabalho solo, sempre contou com grandes músicos para concretizar todas as suas idéias.

O INICIO
De acordo com Leandro, tudo começou na sua adolescência, ele gostava de escrever algumas letras e depois procurou a gaita (harmônica), por ser diferenciada e barata. Ele acabou percebendo que poderia trabalhar em diversas bandas, já que o instrumento é bem aceito e também pela falta de gaitistas.

- Descobri que com a gaita eu poderia trabalhar em várias bandas, pois apesar de todos gostarem de gaita, o gaitista é um instrumentista ainda escasso no mercado. Na verdade acho que nasci músico. A música está em minha vida desde que me entendo por gente. As dificuldades foram as de sempre. Minha família não é rica, moro em um país que não valoriza a cultura em geral e os músicos em sua maioria ainda não aprenderam a se organizar e a se profissionalizar. Diante deste quadro contei com a ajuda de meus pais até que eu pudesse estar inserido no mercado. Com um pouco de sorte e muito trabalho consegui viver de música e vencer os obstáculos. – Conta Leandro.

ESTILO
Leandro diz que suas influências vem muito do rock que foi produzido em Belo Horizonte, nas décadas de 80 e 90. Ele também cita outros nomes que chamaram a sua atenção como Little Walter, James Cotton, Paul Butterfield, Charlie Musselwhite, Mark Ford, Tom Morello, Augustus Pablo, Jr. Tostoi, Herbie Hancock. Perguntado como definiria o som que faz, Leandro Ferrari defini como “som de vanguarda”.

- Sou muito inquieto, não gosto de mesmice. A minha tendência é sempre trazer o "velho" para os dias de hoje. Gosto de imaginar como um músico da década de 40 e 50 reagiria ao ouvir meu som. – Ressalta o musico.

PROCESSO DE CRIAÇÃO
Na hora de criar suas musicas Leandro conta que gosta de trabalhar com samples, ele em parceria com outros músicos, trabalha primeiro os samples e temas para depois irem para as harmonias e arranjos.

- Na verdade sempre fiz pré-produção e produção ao mesmo tempo. Pra mim CD bom, é o que sai rápido. Me sinto mais a vontade para compor quando estou só. Minhas letras são inspiradas em letras de blues e falam de dor, sofrimento, esperança, relações e cotidiano. Procuro não usar o instrumento para compor e prefiro solfejar para ter certeza que elas vieram de mim. Não tenho um tema principal, me ligo mais na sonoridade das palavras e vejo a voz como mais um instrumento no meu trabalho. – Afirma Leandro.

TRABALHOS GRAVADOS
Leandro Ferrari tem dois CD’s lançados, Compadres (2006) e Fat Nasty (2010). O musico conta que a criação da personagem Annie Mae, segundo ele inspirada na canção homônima de John Lee Hooker e nas garotas de Gil Elvgren, foi o pilar da inspiração para o CD “Fat Nasty”. As gravações foram realizadas no Estúdio Elétrico, em Belo Horizonte, com produção assinada por Marcelinho Guerra.

- Eu e o designer Marcão Freak resolvemos não seguir à risca os modelos de pin-ups de Elvgren, com coxas torneadas, nádegas de linhas suaves e seios firmes e belos. Annie Mae tem vida e idéias próprias, não segue os padrões de beleza arquétipo esquelético imposto nesses últimos anos. A personagem preza a mistura do velho e do novo, recria o conceito original de pin-ups, rompe barreiras musicais e estéticas e vive o mundo moderno com toda sua violência, erotismo e globalização das artes. Sou acompanhado neste CD pelo músico Marcelinho Guerra. Nós assinamos todas as faixas e tocamos os instrumentos. Os “beats” são programados e além da gaita e efeitos faço os vocais do CD. Como em trabalhos anteriores, a harmônica é só mais uma ferramenta em minhas mãos para reproduzir e colorir minhas idéias e desejos. Portanto “Fat Nasty” não é um CD de gaita. Há alguns anos gosto de mesclar diferentes facetas do meu trabalho. Todos me conhecem como gaitista, mas além de tocar harmônica gosto de compor, criar conceitos, produzir, pesquisar e cantar. A minha verdade é colocar a música antes do instrumento. – Diz Leandro.

AGENDA
22/07/2011 - Poterie Atelier Café - BH - MG
23/07/2011 - Freud Bar - Nova Lima - MG
13/08/2011 - Freud Blues Festival - BH - MG
16/08/2011 - Conservatório UFMG - BH - MG
25/08/2011 - S J do Rio Preto - SP
26/08/2011 - Ribeirão Preto - SP
27/08/2011 - Sorocaba - SP
24/09/2011 - Itabirito - MG

CONTATOS
Email: leandroferrari@leandroferrari.com
Telefones: (31) 9632 - 1525 / (31) 2514 - 9623
Skype: minasharp
Site oficial: www.leandroferrari.com
Blog: www.leandroferrari.blogspot.com
Myspace: www.myspace.com/leandroferrari
Canal Youtube: http://www.youtube.com/user/ferraribends

LINK COM MÚSICAS PARA OUVIR E BAIXAR http://leandroferraridiscography.blogspot.com/

VÍDEOS
http://www.youtube.com/watch?v=zrOBABBmemA
http://www.youtube.com/watch?v=Ub_hGeuOgGY

- Convido a todos para conhecerem um pouco mais do meu trabalho e sugiro nunca terem medo do inusitado e do diferente. Pelo contrário, a curiosidade deve ser o principal combustível para o conhecimento. – Leandro Ferrari.

Nenhum comentário: